Quais são os quatro tipos de direção e suas principais diferenças

Os quatro tipo de direção
Conheça os tipos de direção de um carro

Na hora de fazer uma manobra, todo motorista gosta de sentir o volante leve, para não precisar forçar os braços a ponto de ficar exausto tentando fazer uma baliza ou acessar uma vaga do estacionamento do supermercado, certo? Nessas horas é que lembramos como é bom ter um carro com assistência de direção, seja ela hidráulica, elétrica ou eletro-hidráulica.

Já os veículos com direção mecânica, de fato, requerem um esforço maior de quem dirige. Mas, como funcionam esses quatro tipos de mecanismos de direção veicular e quais são as diferenças entre eles?

Explicaremos a seguir com a ajuda de um artigo publicado no site da Nakata, uma das empresas mais conhecidas do ramo de amortecedores, entre outros componentes automotivos.

Os tipos de direção automotiva

  • Direção Mecânica

Existente nos carros mais antigos e em muitos populares, mesmo mais novos, a direção mecânica não possui nenhum tipo de sistema que facilite a vida do motorista. Dessa forma, a direção depende somente da força do condutor ao volante, por isso a dificuldade na hora de manobrar.

  • Direção Hidráulica

Criada para tornar mais tranquila a hora de manobrar um veículo, a direção hidráulica tem como itens principais uma bomba e um reservatório onde é armazenado um fluido. Esses componentes atuam quando o motorista gira o volante, dando uma boa força extra ao sistema, tornando a tarefa bem menos trabalhosa e poupando esforço dos braços.

  • Direção Elétrica

Nesse caso não há bomba hidráulica nem fluido para fazer o volante ficar mais leve. Na direção elétrica, todo o trabalho – a partir do momento em que o volante é rotacionado – é realizado por sensores capazes de detectar qual é o movimento e qual força está sendo aplicada pelo motorista. Esses dados são transmitidos para uma central eletrônica que faz todo o trabalho pesado. Além de mais moderna, a direção elétrica é muito mais leve que a hidráulica.

  • Direção Eletro-Hidráulica

Como o nome sugere, esse tipo de direção foi criado unindo as direções hidráulica e elétrica, desse modo, possui componentes dos dois tipos de sistema. Também permitindo que o volante fique bem mais leve, a principal vantagem é seu custo de produção e manutenção.

E a manutenção?

Independente de qual tipo de direção seu carro possui, vale ficar atento às revisões periódicas e possíveis sinais de que algo está errado com o sistema, como trepidações ao dirigir, e folgas no volante. No caso da direção hidráulica, podem ocorrer vazamentos de fluido.

Gostou do nosso conteúdo? Então que tal entender sobre se devemos ou não colocar água no radiador, hein? Acesse!